Ela tinha um sonho.

Empreendedora por natureza, tinha uma farmácia de manipulação com certo sucesso. Afinal, era localizada ao lado de um centro médico e gerava um fluxo interessante de clientes vindos de lá. 

Só que não era isso que tocava seu coração, ela queria algo mais da sua vida como empreendedora. Ela queria influenciar as pessoas a viverem com maior qualidade de vida, mais prazer e mais conforto – sem abrir mão do bom gosto e estilo. 

Apesar de viver numa pequena cidade no interior do Estado, ela queria conquistar o Brasil com seu sonho. Foi quando ela fez um curso de óleos essenciais e aromatizantes de ambientes e descobriu sua paixão. 

Tudo começou de maneira bem artesanal, ela e sua mãe, nos fundos da sua farmácia. Começou a preparar as essências e dedicar um tempo especial na criação de cada embalagem. 
O negócio foi criando corpo e criou um Instagram para divulgar sua mensagem ao mundo. Até que deu um excelente resultado já no começo, mas ela sentiu que podia mais. 

Foi aí que conhecemos seu trabalho e tivemos a oportunidade de trabalharmos juntos. 

Ela contratou nossos serviços exatamente em Janeiro de 2017 e um ano depois tinha faturado 120% em relação ao ano anterior. 
Começamos a explorar, além da qualidade dos seus produtos, a própria história da fundadora bem como a história dos seus clientes

A mais recente, foi quando ela disse para nossa equipe: 

“Gente, parem de postar coisas sobre Camomila que zerou meu estoque!” 

Só para você entender, temos uma técnica de Storytelling onde investigamos não só a história do cliente mas a história dos seus clientes também. 

Antes de explicar o que é essa técnica, é importante entender o que não é essa técnica. 

Storytelling não é ficar falando de você, da sua história, do quão bom você é, do quão poderoso é seu negócio e do quanto você é bom, tem qualidade, é cheiroso ou interessante. 

Não é nada disso! Isso é panfletagem digital e já falamos exaustivamente dela nas nossas postagens das mídias sociais, blog e até por aqui. Caso você ainda não saiba o que é, é importante saber que ficar mostrando foto dos seus produtos e fazer o seu Instagram parecer um catálogo, não é a estratégia mais inteligente.
A história é bem simples. 

“Veio uma mãe aqui na loja que tinha um filho pequeno. A criança tinha dificuldades para dormir e acordava diversas vezes com pesadelos. Chegou num ponto em que os pais não sabiam mais o que fazer para que o filho tivesse uma noite tranquila de sono. 
 
Indiquei um aroma de camomila... ela não acreditou que "um cheirinho" pudesse ajudar, mas resolveu tentar pois não tinha mais alternativas naquele momento. 

Recentemente a mãe da criança veio me contar, para minha alegria, que o aroma ajudou tanto para todos na casa terem noites tranquilas que até o filho já pergunta "onde tá o cheirinho que não dá pesadelo, mamãe?". Não é incrível?" 

Essa história foi contada nos posts dessa cliente e gerou um burburinho tão positivo que acabou zerando os estoques dela de Camomila. 

Para nós? É um orgulho e uma inspiração. Para ela? Dinheiro no bolso e a possibilidade de ajudar outras pessoas a terem uma maior qualidade de vida.
Com essas e outras histórias sendo contadas, eis que o grande momento veio à tona: será que a farmácia de manipulação continua fazendo sentido na vida dela? 

Hoje o negócio cresceu, se estruturou, vai bem, vai criando corpo e vai preenchendo o coração dela de alegria. 

Até que ela precisa tomar uma decisão: vender ou não vender a farmácia e focar 100% da sua energia no seu sonho? 

Essas e outras histórias você continua acompanhando por aqui. 

Mas a minha pergunta é: quando a sua história vai aparecer aqui? 
PS: Preservamos os nomes e perfis dos clientes justamente por divulgarmos números e dados sobre cada negócio. Entretanto, todas as histórias aqui contadas, são de clientes (ou ex-clientes) reais.